foto de triagem capa

Trabalhadores da saúde estão sendo acompanhados pela UFG por agendamento

Projeto faz a triagem, por agendamento, dos casos suspeitos de covid-19 entre servidores municipais da saúde e segurança pública. Lançamento terá público restrito

 

Versanna Carvalho

A Universidade Federal de Goiás dá início ao projeto Tenda triagem Covid-19 UFG, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS Goiânia). O lançamento foi na quarta-feira (20/5), às 9h, no Centro de Aulas D da UFG, Câmpus Colemar Natal e Silva, Setor Universitário, em um evento restrito, respeitando assim o isolamento social. O objetivo da iniciativa é fazer a triagem, diagnóstico e acompanhamento por telemonitoramento dos trabalhadores de saúde e da segurança pública que apresentarem sintomas que possam ser relacionados à COVID-19.

A coordenadora do projeto e diretora da Faculdade de Enfermagem da UFG (FEN/UFG), Claci Fátima Weirich Rosso, afirma que o proposta foi elaborada já durante a pandemia como uma forma de a Universidade participar do combate e do controle à COVID-19, também cumprindo o seu papel social por meio da prestação de serviços para a comunidade goiana. "É extremamente importante ter um cuidado qualificado com os trabalhadores da saúde, que estão no enfrentamento da COVID-19", reforça Claci.

Participam ainda do projeto Faculdade de Medicina (FM), Faculdade de Farmácia (FF), Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública (IPTSP), Instituto de Ciências Biológicas (ICB) e do Hospital das Clínicas (HC).

Funcionamento

O Tenda triagem COVID-19 UFG funciona de segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 14h, no Centro de Aulas D da UFG. O público-alvo do projeto deve passar por uma teletriagem SMS para participar e eventualmente por demanda espontânea.

No local do serviço é realizado por drive-thru com atendimento de enfermagem e médico e coleta de amostras para realização de testes moleculares (RT-PCR do inglês reverse-transcriptase polymerase chain reaction) para diagnóstico da COVID-19.

triagem ufg

Fonte: SECOM/UFG

Categorias: Notícias